CARREGANDO

Digite o artigo que você procura

Bolsonaro ataca PT e diz que “falta d’água não é mais problema no Nordeste”

maximweb 4 meses ago

Em reduto petista, completou que as verbas desviadas de estatais como a Petrobras dariam para construir 50 transposições do Rio São Francisco. Presidente também falou em “atraso” e “falta de compromisso” da legenda em governos anteriores.

 

O presidente Jair Bolsonaro (PL) repetiu críticas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante passagem pelo Nordeste nesta terça-feira (8/2). Em discurso na cerimônia alusiva ao ato de liberação das Águas do Rio São Francisco para o estado do Ceará, em Jati, o chefe do Executivo disse que falta d’água não é mais problema para a região.

“Está muito fácil transformar as cataratas de Jati em um ponto turístico. Estou vendo aqui na frente à pista, esse terreno aqui bastante espaçoso. É só fazer um pequeno desvio e, quem passar na pista, quem sabe, até pode ser um centro gastronômico, para mostrar para o Ceará e para o Brasil que a falta da água não é mais problema para o Nordeste”, apontou.

Bolsonaro completou que as verbas desviadas de estatais como a Petrobras dariam para construir 50 transposições do Rio São Francisco e falou em “atraso” e “falta de compromisso” do PT em governos anteriores.

“Levando em conta que a transposição está orçada em R$ 14 bilhões. Equivale que, aquilo desviado da Petrobras ou mal administrado, daria para fazer 50 transposições do São Francisco. Olha o atraso que o Brasil experimentou há pouco tempo, com pessoas que ocuparam a Presidência e que não tinham qualquer compromisso com vocês. O compromisso deles era com o próprio bolso e com o projeto de poder”, emendou.

Segundo o chefe do Executivo, não é preciso reagir a provocações, mas mostrar realizações.

“Não vamos reagir a provocações. Podemos responder com proposta ou realizações, aqui, no momento, estão demonstradas realizações do governo e outras que fizemos que não têm a devida divulgação”.

Passaporte vacinal

Bolsonaro também falou sobre a compra de vacinas contra a covid-19 e reforçou que “jamais” exigirá o passaporte vacinal.

“Toda e qualquer vacina foi comprada pelo governo e nós disponibilizamos de forma não obrigatória. É um direito. Jamais o governo federal vai exigir de vocês o passaporte vacinal”, bradou.

Fies

Por fim, o presidente ainda comentou sobre o perdão de até 92% das dívidas do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) e disse que não adianta “mandar [aluno] fazer universidade com recursos público que terão que ser ressarcidos no futuro, quando não se aparece para ele mercado de trabalho”.

“No final dessa semana, nós regulamentaremos a questão do Fies. Temos 1 milhão e 70 mil brasileiros que não têm como pagar. Nós iremos perder 92% dessa dívida. É o governo que faz por vocês, não basta mandar fazer universidade com recursos público que terão que ser ressarcidos no futuro, quando não se aparece para ele mercado de trabalho”, concluiu.

Mais cedo, o chefe do Executivo desembarcou em Salgueiro, Pernambuco, onde participou da cerimônia de inauguração do Núcleo de Controle Operacional da Transposição do Rio São Francisco. No discurso, em uma tentativa de aproximação e de quebrar resistências, Bolsonaro chamou a região de “meu Nordeste”.Na ocasião, também aproveitou para atacar Lula em seu reduto.

 

 

(crédito: Reprodução / Facebook)

 

 

Fonte: Correio Braziliense

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *