CARREGANDO

Digite o artigo que você procura

Bolsonaro diz que provará hoje fraude em eleições e chama imprensa, que não poderá perguntar nada

maximweb 4 meses ago

Os jornalistas não poderão fazer perguntas ao presidente que, há mais de um ano, promete apresentar provas de “fraude eleitoral”, mas sequer mostrou indícios nesse período.

Bolsonaro marcou para esta quinta-feira, 29 de julho, live para apresentar provas de suposta fraude eleitoral(foto: Reprodução YouTube/Jair Bolsonaro)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chamou os veículos de imprensa para acompanhar, nesta quinta-feira, 29, uma transmissão ao vivo na qual ele diz que apresentará provas sobre supostas fraudes nas eleições presidenciais, em 2014 e 2018.

“Amanhã (hoje), às 19 horas, nós vamos convidar toda a imprensa, vai ser transmitido também pelas nossas mídias sociais, nós mostrando as inconsistências das eleições de 2014 e 2018. E tem uma que vai ser uma bomba, não tem como você acreditar que as eleições são limpas no Brasil. Não são limpas”, declarou na última quarta-feira, 28, a apoiadores.

De acordo com o Planalto, cerca de 25 jornalistas poderão acompanhar a transmissão, às 19 horas, na biblioteca do Palácio do Alvorada. Entretanto, as perguntas não serão permitidas, ou seja, Bolsonaro não poderá ser questionado pelos jornalistas.

Há mais de um ano, o gestor promete apresentar provas de “fraude eleitoral”, mas sequer mostrou indícios nesse período. Bolsonaro alega também que a eleição da qual saiu vencedor foi fraudada e que ganhou no primeiro turno daquele ano (2018).

A um ano da eleição presidencial e atrás nas pesquisas eleitorais, onde o ex-presidente Lula (PT) lidera em diversos cenários, Bolsonaro passou a fazer ameaças antidemocráticas, sujeitando a realização do pleito a alterações no sistema de votação; no caso, a partir da implementação do chamado voto impresso auditável, do qual é defensor ferrenho.

Fonte: OPovo
Tags:

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *