CARREGANDO

Digite o artigo que você procura

Criminoso na lista dos mais procurados do Ceará mata cunhado a tiros após irmã ser agredida, diz polícia

Daianny Moreira 6 meses ago

No início deste mês, o governo estadual ofereceu R$ 10 mil por informações que possam levar à localização de Alban Darlan Batista Guerra.

Polícia atende ocorrência de homicídio contra Francisco José da Silva Barros no Bairro Padre Júlio Maria, em Caucaia. — Foto: Leábem Monteiro/Sistema Verdes Mares

Um dos criminosos mais procurados pela polícia cearense matou o cunhado a tiros no Bairro Padre Júlio Maria, em Caucaia, na Grande Fortaleza, após saber que a vítima havia agredido a irmã dele após uma discussão. O crime aconteceu na manhã desta segunda-feira (10), na Rua Beira Rio. De acordo com a Polícia Militar, o assassino é Alban Darlan Batista Guerra, que segue foragido.

A polícia afirmou que a vítima, identificada como Francisco José da Silva Barros, teve uma discussão com a irmã de Darlan e a agrediu. Depois de saber da agressão, Darlan procurou Francisco José e efetuou vários tiros de pistola contra ele. A vítima morreu no local. Ainda segundo a polícia, Francisco José respondia por crimes como tráfico de drogas, formação de quadrilha e receptação.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

Lista dos mais procurados

Por meio da Comissão Estadual do Programa de Recompensa, o governo do Ceará estabeleceu o prêmio para quem indicar dados que possam levar à localização e prisão de Alban Darlan Batista Guerra e de Francisco Cilas de Moura Araújo, que também pertence ao grupo criminoso.

Além de atuação no tráfico de drogas em Caucaia, Darlan já foi autuado por porte ilegal e disparo de arma de fogo, associação criminosa e homicídio.

Já Cilas responde a inquéritos policiais por porte e posse ilegal de armas de fogo, associação criminosa, tráfico de drogas e homicídios. Segundo a Secretaria da Segurança e Defesa Social do Ceará (SSPDS), ele está foragido desde 14 de julho de 2016, quando escapou no Instituto Penal Professor Olavo Oliveira II por meio de um túnel.

Fonte: G1 – CEARÁ.

Tags:

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *