CARREGANDO

Digite o artigo que você procura

Foragido do furto ao Banco Central é preso 17 anos após o crime em Fortaleza

maximweb 1 mês ago

A prisão faz parte da Força-Tarefa SUSP de Combate ao Crime Organizado no Estado do Ceará.

 

Um homem de 59 anos foi preso no último domingo, 17, por envolvimento no furto ao Banco Central. De acordo com a Polícia Federal, a prisão faz parte da Força-Tarefa SUSP de Combate ao Crime Organizado no Estado do Ceará. O indivíduo, que não teve a identidade informada, já havia sido preso anteriormente por participação direta no furto. Ele estava na rua em razão de um alvará de soltura, mas foi cumprida uma nova ordem de prisão, expedida em março de 2022. Ele permanece à disposição da Justiça Federal.

“A Força-Tarefa SUSP de Combate ao Crime Organizado no Estado do Ceará continua em operação, composta pela Polícia Federal, Polícia Militar e Polícia Civil do Estado do Ceará, Polícia Rodoviária Federal, Departamento Penitenciário Nacional, Secretaria de Administração Penitenciária do Estado do Ceará, Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará e Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública”, diz o órgão.

O Assalto ao Banco Central do Brasil  rendeu o documentário “Banco Central: 15 anos depois”, na seção “Séries e Docs” do O POVO . Há, ainda, a série documental exclusiva “Banco Central: o furto que não acabou”, que revela vídeo feito na caixa-forte violada pelos ladrões, inédito até 2020, e os caminhos da investigação. Confira a série clicando aqui

 

 

BOCA do túnel usado no furto ao BC(foto: Edimar Soares, em 08/08/2005)

 

 

Fonte: OPovo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *