CARREGANDO

Digite o artigo que você procura

Governador Elmano de Freitas sanciona lei que autoriza Estado do Ceará a enviar ajuda humanitária ao Rio Grande do Sul

maximweb 1 semana ago

O governador Elmano de Freitas sancionou lei que autoriza o Estado do Ceará a enviar ajuda humanitária para o estado do Rio Grande do Sul, que sofre com as enchentes provocadas pelas fortes chuvas que caíram na região na última semana. Com isso, o Governo poderá “adquirir e doar cestas básicas e outros insumos para atendimento da população atingida pelas enchentes”, segundo texto da Lei Nº º18.796, de 09 de maio de 2024.

“Agradeço aos deputados estaduais a rapidez na aprovação desse importante projeto que viabilizará doações do Estado ao povo gaúcho neste momento tão doloroso”, disse Elmano de Freitas, nas redes sociais, ao anunciar a sanção da lei, que já consta no Diário Oficial do Estado (DOE). Nesta semana, o governador já havia anunciado que enviaria 66 toneladas de alimentos, além de água potável.

O Governo do Ceará lançou, na última quarta-feira (8), a campanha Força Solidária Rio Grande do Sul, ação voltada para receber e enviar doações para ajudar o povo gaúcho que passa por dificuldades decorrentes de enchentes. Os cearenses poderão entregar seus mantimentos em Fortaleza e 18 municípios do Interior. A prioridade é o envio de alimentos não perecíveis e enlatados, água potável, kits de higiene pessoal e de cama, mesa e banho. As doações chegarão ao Rio Grande do Sul em parceria com as companhias aéreas Latam, Gol e Azul.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) seguiu viagem, na manhã da quinta-feira (9), com destino ao Rio Grande do Sul para ajudar nas buscas e no resgate de vítimas das enchentes que têm assolado o estado desde a última semana. O grupo é composto por 12 profissionais e dois cães especializados em resgate. Além deles, dois barcos e três viaturas foram embarcados em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB).

Na última terça-feira (7), um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Ciopaer/SSPDS), com cinco profissionais, também tinha seguido viagem para o Rio Grande do Sul, onde já integra os trabalhos de resgate de vítimas no RS. As informações são do No Cariri Tem.

 

 

 

Tags:

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *