CARREGANDO

Digite o artigo que você procura

Iguatu registra segunda morte de médico por coronavirus; já são nove óbitos ao total

Daianny Moreira 3 semanas ago
A Secretaria da Saúde de Iguatu confirmou, na noite de sexta-feira (8), a morte do médico Carlos Ronald Correia, de 67 anos, por decorrência da Covid-19.
Ele estava internado há 12 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Vicente, que tem leitos credenciados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Este é o segundo profissional médico que morre no Município devido ao novo coronavírus.
Quando surgiram os primeiros sintomas, Carlos foi internado no Hospital Regional de Iguatu (HRI), onde ficou hospitalizado por um dia. Depois, foi levado para o Hospital e Maternidade Agenor Araújo, onde permaneceu por outros dois dias.
Após uma melhora, assinou um termo e retornou para casa. No entanto, no dia 27 de março teve uma crise hipertensiva e foi socorrido ao Hospital São Vicente, onde morreu na noite de ontem.
A Secretaria da Saúde do Município não informou se o médico possuía alguma comorbidade.
Trajetória
Carlos Ronald Correia nasceu no Rio de Janeiro, mas chegou ao Ceará na década de 1970, ainda como acadêmico de medicina, para prestar serviços por meio do antigo Projeto Rondon.
Concluiu a faculdade de Medicina no Rio de Janeiro e decidiu voltar a Iguatu, onde trabalhou no Hospital Santo Antônio dos Pobres. Era considerado um médico humanitário.
Além de Iguatu, o médico cirurgião estavam trabalhando na cidade de Beberibe. Ele passou ainda por cidades como Cariús, Orós, Cedro e Pedra Branca. Ronald Correia deixa quatro filhos: Carlos Filho, Paula, Rafael e Ariel.
Casos
A cidade de Iguatu tem 63 casos confirmados e nove óbitos. No último dia 10 de abril, Sexta-feira Santa, a também médica Lúcia Dantas Abrantes, de 66 anos, morreu após ficar 10 dias internadas na UTI. Os exames comprovaram que a causa da morte foi Covid-19.
Fonte: Diário do Nordeste.
Tags:

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *