CARREGANDO

Digite o artigo que você procura

Jovem é amarrada e amordaçada no MS, e criminosos deixam ‘aviso’: ‘Para seu marido aprender’

maximweb 8 meses ago

Companheiro da vítima falou que havia recebido ameaças pela internet. Homem estaria tendo relacionamento extraconjugal com uma mulher, também casada.

 

Dupla amarrou a mulher com fio de extensão pelos pés e pescoço, a amordaçou com fita e tapou os olhos dela

 

Criminosos renderam uma jovem de 24 anos, a amarraram e a amordaçaram em casa, nessa quinta-feira (9), em Corguinho, no Mato Grosso do Sul. Na ocasião, os dois homens disseram que a ação criminosa um “aviso” para o marido dela e foi embora sem roubar nada. As informações são o G1.

De acordo com informações contidas no Boletim de Ocorrência (B.O), ao chegar na residência, ela estranhou um carro parado perto do imóvel e foi para a janela do quarto observar. Depois, foi rendida pela dupla, um estava com um revólver, que a obrigou a ajoelhar.

Eles a amarraram com fio de extensão pelos pés e pescoço, a amordaçaram com fita e taparam os olhos da vítima. Enquanto estavam no local, eles afirmaram à jovem que o que fizeram com ela era “só um aviso”.

“Isso é para seu marido aprender pelo que ele fez, isso é pra ensinar seu marido pelo que ele fez”, teria dito a dupla.

AMIGO ESTRANHOU PORTÃO ABERTO

Os dois homens foram embora da propriedade depois de 40 minutos, deixando a mulher amarrada. Um amigo dela e do marido foi à casa visitar o casal, e estranhou o portão da residência aberto. Ele notou que a vítima tentava gritar, porém dava a entender que alguém a impedia.

O amigo do casal ligou para a Polícia Militar. Quando os agentes chegaram, viram a mulher amarrada, em choque e com vermelhidão, que foram causadas pelas amarrações.

AMEAÇAS

O marido da jovem, de 34 anos, chegou depois e falou aos policiais militares que os envolvidos no cárcere privado da esposa podem estar relacionados a ameaças que ele havia recebido pela internet.

Segundo o B.O, nas ameaças constam que o marido dela estaria tendo um relacionamento extraconjugal com uma mulher, também casada.

O caso foi registrado na delegacia de Corguinho como sequestro e cárcere privado. Nenhum suspeito havia sido preso ou apreendido até a publicação desta matéria.

 

 

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *