CARREGANDO

Digite o artigo que você procura

Jovem pula de carro em movimento e relata que motorista de aplicativo tentou drogá-la

maximweb 3 meses ago

Segundos após conseguir sair do carro, Evelyn relata ter desmaiado.

 

A jovem Evelyn Moraes, de 22 anos, relatou que um motorista de aplicativo tentou drogá-la durante uma viagem e que, para se defender, ela se atirou do carro em movimento, lesionando o quadril e a perna. A assistente administrativa foi encaminhada para o Hospital Vila Nova, na Zona Sul de Porto Alegre, e registrou boletim de ocorrência.

O caso aconteceu no último sábado (26) e está sendo investigado pela 13ª Delegacia de Polícia (DP) da capital do Rio Grande do Sul.

Evelyn publicou um vídeo em que revela os momentos de tensão. Segundo ela, o motorista contou que produzia aromatizantes para carro e perguntou se ela gostaria de sentir o cheiro. A jovem se recusou a cheirar o produto e o motorista teria fechado as janelas do carro e ligado o ar-condicionado. Ela então começou a se sentir tonta e decidiu se atirar do carro em movimento.

CONFIRA RELATO DE EVELYN

Segundos após conseguir sair do carro, no entanto, ela relata ter desmaiado. Logo após, foi atendida por pessoas que estavam em uma parada de ônibus no local e pelo marido, de acordo com informações do portal G1.

Ele ligou o ar-condicionado. Quando chegou perto da minha casa, eu comecei a ficar tonta. O ar dele, no canto do motorista, estava fechado, só estava aberto o que vinha diretamente no meu rosto. Senti um cheiro estranho, de enxofre, e comecei a ficar tonta. Quando vi que ia desmaiar, me atirei do carro em movimento

EVELYN MORAES
Assistente administrativa

APLICATIVO INDRIVER

O aplicativo usado pela jovem durante a viagem foi o InDriver, serviço permite que o usuário defina o preço do trajeto. Evelyn relata que o motorista que a atendeu era uma pessoa diferente da foto apresentada no InDriver.

Ainda segundo o portal G1 do Rio Grande do Sul, a delegada Vivian Nascimento afirma que a investigação está em etapa inicial e que pretende identificar o motorista, mas que antes é preciso ouvir a vítima. A delegada diz que, no entanto, não consta no boletim de ocorrência o fato de ela ter sido intoxicada durante a viagem.

IMAGENS DE CÂMERAS DE SEGURANÇA

Evelyn pediu as imagens da câmera de segurança do condomínio, que mostram o carro voltando ao local e dando ré em seguida. Ela também pediu informações ao aplicativo sobre a identidade do motorista, uma cópia da rota feita e dados do veículo, mas ainda não obteve resposta.

 

 

Evelyn foi levada ao hospital após se jogar do carro em movimento e sofrer lesões na perna e no quadril

 

 

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *