CARREGANDO

Digite o artigo que você procura

Mãe viaja 200 km para salvar filha e neto de tortura praticada pelo genro

maximweb 3 semanas ago

As vítimas eram agredidas e até queimadas. Caso foi registrado no estado do Rio de Janeiro.

 

Um homem foi preso após torturar a companheira e o filho de 3 anos. O caso foi descoberto na sexta-feira (6) pela mãe da vítima, que viajou aproximadamente 200 quilômetros, entre Cabo Frio e São Francisco de Itabapoana, no Rio de Janeiro, para salvar a filha e o neto.

A criança teve os órgãos genitais queimados com um isqueiro pelo homem, segundo informações que a avó repassou ao portal Metrópoles.

Conforme as investigações da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Erivaldo Ferreira de Oliveira impedia que a esposa tivesse qualquer contato com a família. Ele também espancava a mulher e o filho frequentemente. A família nem sequer sabia onde o casal e a criança moravam.

A vítima só conseguiu pedir ajuda em um momento de distração do marido. Ela enviou a localização de onde estava para a mãe, que viajou até lá para socorrê-la. O homem foi preso pela polícia na cidade de São Pedro da Aldeia quando tentava fugir.

 

 

O homem foi preso durante a tentativa de fuga

 

 

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *