CARREGANDO

Digite o artigo que você procura

Manifestações contra os cortes na Educação acontecem pelo Interior nesta quarta-feira (15)

Carinhosa FM 2 semanas ago

Estudantes reivindicam, com cartazes e equipamentos de som, investimentos nas instituições de ensino

Estudantes de instituições federais no Ceará se mobilizam na manhã desta quarta-feira (15), em diversos pontos do Interior, para protestar contra o corte de verbas para a Educação anunciado pelo governo federal. Faixas e cartazes marcam as caminhadas dos estudantes que também utilizam equipamentos de som nas manifestações.

Cedro

No Cedro, região centro sul, a concentração foi em frente o Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), Campus Cedro. Os estudantes percorreram ruas da cidade com destino à praça Nilo Viana da Matriz. Eles gritam “tira a mão do meu IF”, contrários aos cortes.

cedrocedro
Estudantes manifestam contrariedade ao corte de verbas.Marciel Bezerra

Juazeiro do Norte

Em Juazeiro do Norte, região do Cariri, a concentração começou às 8h, na Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação, Crede 19. Nos cartazes, frases contra as medidas do governo e em apoio às universidades. A organização estima que 10 mil pessoas participam do ato.

juazeirojuazeiro
Mobilização percorre as ruas de Juazeiro do NorteAntônio Rodrigues

Quixadá

Em Quixadá, conforme os organizadores do movimento, aproximadamente mil participantes protestam contra os cortes na Educação. Estudantes, professores e servidores das instituições públicas de ensino superior na cidade participam do ato. “Nós estamos nesse movimento em prol da educação, queremos salientar que a educação forma o país”, destaca a estudante de geografia, do IFCE de Quixadá, Suziane Martins. A Polícia Militar não divulgou a estimativa de público na manifestação.

quixadaquixada
Estudantes dos campis de Quixadá também se mobilizam nesta manhã.Alex Pimentel

Iguatu

Em Iguatu, centro sul do Estado, a concentração aconteceu na praça Gonçalves de Carvalho, centro comercial da cidade, com faixas e cartazes sobre a paralisação.

Os manifestantes protestaram contra o governo federal, em relação às medidas de corte de 30% das verbas das universidade federais, contra a reforma da previdência social e redução em investimentos na educação básica.

Cerca de mil pessoas, entre professores, alunos, pais de estudantes, líderes sindicais participaram da manifestação. Por volta das 9h30 o grupo seguiu em caminhada pelas ruas do centro, até a Praça da Matriz, onde aconteceu o encerramento. O comércio funciona normalmente.

iguatuiguatu
Em Iguatu, a manifestação reuniu professores, alunos, pais de estudantes e líderes sindicais.

Fonte: Diário do Nordeste

Tags:

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *