CARREGANDO

Digite o artigo que você procura

Narrador e comentarista de Goiânia chamam cabelo black power de jogador de “imundo”

maximweb 2 semanas ago

O Londrina Esporte Clube, time que Celsinho faz parte, classificou a atitude dos jornalistas como “inadmissível e lamentável”. Os comunicadores foram afastados de suas atividades

O narrador esportivo Romes Xavier e o comentarista Vinícius Silva fizeram comentários racistas em relação ao cabelo black power do jogador Celsinho, do Londrina. As declarações aconteceram durante transmissão do jogo entre Goiás e o time paranaense, em Goiânia, no sábado, 17. Após chamarem o cabelo do jogador de “imundo” e “pesado”, os dois foram afastados da Rádio Bandeirantes.

O vídeo, que ganhou destaque nas redes sociais, mostra o momento em que Celsinho estava caído no gramado. Ao mesmo tempo, os jornalistas associam a queda do jogador ao cabelo. “O cabelo deve pesar demais, né Vinícius?”, pergunta Romes Xavier. “Exatamente. Parece mais uma bandeira de feijão a cabeça dele do que um verdadeiro cabelo. Não é porque eu estou perdendo os cabelos que eu vou achar um negócio imundo desse bonito”, responde Vinícius Silva.

“Colocações erradas que jamais deveriam ter sido ditas. Quem me acompanha, sabe o quanto sou crítico sobre condutas como essa. Peço perdão. Quem nunca errou?”, postou o narrador Romes Xavier. Já o comentarista esportivo Vinícius Silva disse que entrou em contato com Celsinho para pedir desculpas. “Demonstro todo arrependimento pelo comentário infeliz referente ao atleta Celsinho. Peço desculpas a ele e sua família. Entrei em contato com Celsinho demonstrando todo remorso. A Rádio Bandeirantes é completamente contra essa postura e eu particularmente também sou”, escreveu.

O Londrina Esporte Clube publicou uma nota de repúdio às declarações dos jornalistas. De acordo com o clube, é “inadmissível e lamentável que tais comunicadores, formadores de opinião, propaguem atos de racismo”. Para a TV Anhanguera, o jogador Celsinho resolveu não se pronunciar sobre o caso, mas disse que irá se reunir com seus advogados.

De acordo com o portal G1, em comunicado, a Rádio Bandeirantes disse que repudia veementemente “qualquer ato que possua cunho ou menção racista a qualquer pessoa” e solicitou a imediata rescisão contratual dos jornalistas.

 

 

 

 

 

Fonte: OPovo

Tags:

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *